ESPECIALIZAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA EM TERAPIA FAMILIAR E INTERVENÇÃO SISTÉMICA – 2ª Edição
– Advanced Professional Program –
Partilhar

ESPECIALIZAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA EM TERAPIA FAMILIAR E INTERVENÇÃO SISTÉMICA – 2ª Edição

– Advanced Professional Program –

Acreditação

undefined

(58 créditos)

 

Certificação

undefined

undefined

Instituto Reconhecido

undefined

Lisboa - 16 Fev. 2019 - Inscrições abertas

Porto - 02 Mar. 2019 - Inscrições abertas

INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% de Desconto nas propinas: LISBOA até 28-12-2018 | PORTO até 16-01-2019

 

DATA LIMITE DE INSCRIÇÃOLISBOA: 22-01-2019 | PORTO: 10-02-2019

ENSINO SUPERIOR

Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção do grau académico de mestrado ou de doutoramento, os estabelecimentos de ensino superior poderão após apreciação, creditar em ECTS (European Credits Transfer System) os cursos concluídos com aproveitamento, ministrados pelo INSPSIC (artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho).

Inclui

Inclui 2 WORKSHOPS: Técnicas Activas: intervenção com grupos; Terapia Sistémica de Casal na depressão

Destinarários

Psicólogos*, Psicólogos Juniores, Diplomados em Psicologia, Estudantes de Psicologia e outros profissionais de Saúde

*A creditação da Ordem dos Psicólogos Portugueses (58 créditos) destina-se exclusivamente aos psicólogos.

Descrição

Coordenação Científica:

Lígia Ferros

Professora Doutora Lígia Ferros

Doutorada em Psicologia pela FPCE – UP; Professora auxiliar no Instituto de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade Lusíada do Porto; Regente das cadeiras de Psicopatologia (Licenciatura em Psicologia) e Psicopatologia da Criança e do Adolescente (Mestrado em Psicologia, área de especialização em Psicologia Clínica); Anteriormente, regente da cadeira de “Dependências Químicas (licenciatura em Psicologia). Júri de mestrados – FPCE UP. Psicóloga, especialista em Psicologia Clínica, a exercer funções no IDT; Orientadora de estágios do Ramo de Psicologia Clínica (Área Cognitivo-Comportamental). Experiência clínica com crianças e adolescentes no CRI Porto Ocidental e em prática privada. Coordenadora do Curso de Pós Graduação em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais (CRIAP, 2009). Investigadora no Centro de Investigação em Psicologia do Comportamento Desviante e Saúde da FPCE – Universidade do Porto; Directora Científica do Instituto Português de Psicologia.

Susana Cardoso

Mestre Susana Cardoso - SPTF/SPP/IDT

Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 1987; Mestrado em Psicologia, área do Comportamento Desviante, Toxicodependência, realizado na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 2004; Terapeuta Familiar, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, em 1996; Formadora da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar
Directora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, em 1995; integra, desde 2008, a actual Direcção da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, desde 2008.
Formação em Sexologia Clínica (Universidade de Salamanca), em 1992; Desde Agosto de 2010, exerce a função de Directora na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, Instituto da Droga e da Toxicodependência/I.P.; Psicóloga Clínica (Carreira de Técnico Superior da Saúde – Assessora) na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, entre 2006 e 2009; Psicóloga dos Centros de Atendimento a Toxicodependentes, no CAT de Cedofeita , de 1989 até 1995, no CAT de Gaia até 2006; Entre 2004 e 2011 foi docente no Instituto Superior de Serviço Social do Porto.

 

Destinatários:

Psicólogos*, Psicólogos Juniores, Diplomados em Psicologia, Estudantes de Psicologia e outros profissionais de Saúde.

*A creditação da Ordem dos Psicólogos Portugueses (58 créditos) destina-se exclusivamente aos psicólogos. 

 

Coordenação Pedagógica:

Dr. José Pinto Gouveia

Director e Coordenador Pedagógico do Instituto Português de Psicologia. Psicólogo.

 

Funamentação:

A teoria sistémica permite explicar os comportamentos das famílias e dos grupos no contexto da interacção humana. Constitui-se como modelo de intervenção face aos problemas do sistema, com base nas competências do próprio sistema.

Assim, consideram-se destinatários desta formação todos os licenciados das Ciências Humanas, cuja intervenção tenha como objecto fenómenos relativos a famílias ou grupos, nomeadamente psicólogos, assistentes sociais, médicos…

 

Introdução:

A teoria sistémica permite explicar os comportamentos das famílias e dos grupos no contexto da interacção humana. Constitui-se como modelo de intervenção face aos problemas do sistema, com base nas competências do próprio sistema.

Assim, consideram-se destinatários desta formação todos os licenciados das Ciências Humanas, cuja intervenção tenha como objecto fenómenos relativos a famílias ou grupos, nomeadamente psicólogos, assistentes sociais, médicos, enfermeiros.

 

Creditação OPP: 58 créditos (Os créditos resultam das horas lectivas em sala de aula)

 

Certificação:

Certificada pela DGERT e pela SPCIPCOD.

 

Objetivos:

O curso visa, essencialmente, que o formando desenvolva a capacidade de aplicar conceitos e princípios sistémicos à leitura e observação das interacções humanas, em particular das famílias.

- Sensibilizar ao pensamento sistémico na análise dos problemas (clínicos, sociais, institucionais)

- Adquirir competências básicas no âmbito da intervenção sistémica com famílias (e grupos).

 

Competências a adquirir:

- Compreender os conceitos básicos dos Sistemas

- Compreender os comportamentos e as interacções nas famílias, e grupos, em termos de Comunicação

- Considerar a Condução de Entrevista de acordo com a abordagem sistémica

- Compreender os conceitos da perspectiva Estrutural da família

- Compreender os conceitos da perspectiva Transgeracional da família

- Utilizar Técnicas Activas na compreensão das famílias e grupos

- Contactar com modelos de intervenção específicos: Terapia narrativa; Terapia de casal…

- Desenvolver leituras sistémicas de diferentes problemáticas das famílias e dos grupos: toxicodependência, violência, questões de género…

 

Metodologia de ensino:

Os conceitos teóricos ensinados são enquadrados na abordagem sistémica global e nos seus modelos mais importantes. Para além da exposição pelo formador, é promovida a reflexão desses mesmos conceitos com base em exemplos e exercícios práticos:

- Exposição teórica, com recurso a suporte audio-visual. 

- Discussão de temas/casos e situações práticas com utilização de técnicas activas, nomeadamente roleplay.

 

Critérios de avaliação:

- Assiduidade: número de faltas não poderá exceder 25% da carga horária do curso

- Participação activa em sala (capacidade de aplicação prática dos conceitos)

-Teste de escolha múltipla e/ou de desenvolvimento sucinto (conteúdos teóricos fundamentais).

Plano Curricular

1º Módulo (8 horas)

Enquadramento Sistémico.

 1.Teoria dos Sistemas Gerais

1.1. Características gerais dos sistemas

1.2. Mecanismos de auto-regulação

1.3. Homeostase e Evolução

2. Cibernéticas; Construtivismo e Construccionismo Social.

 

2º Módulo (8 horas)

Perspetiva da Comunicação.

1 - Fundamentos teóricos

1.1 - Importância do Contexto

 1.2 - Os Axiomas da Comunicação

 2- Comunicação Eficaz e Comunicação Patológica

 3- Exercícios práticos de suporte aos conteúdos programáticos do módulo

 

3º Módulo (8 horas)

Entrevista Sistémica.

1. Condução de Entrevista

1.1. Hipotetização, Neutralidade e Circularidade

1.2. Hipótese Sistémica

1.3. Questionário Circular

1.4. Estrategização

1.4.Questionário Reflexivo

2. Treino de Condução de Entrevista (trabalho prático)

 

4º Módulo (8 horas)

Modelos Estrutural. Modelo Estratégico.

1. Modelo Estrutural

1.1.Hierarquia, Sistemas e Subsistemas, Limite

1.2. Ciclo Vital da Família

1.3.Técnicas: enactment, reenquadramento…

2. Modelo Estratégico

4.1 O poder na relação

4.2 Paradoxos e contra-paradoxos

4.3 Técnicas: conotação positiva, prescrição paradoxal

 

5º Módulo (8 horas)

Modelo Transgeracional.

1. Modelo Transgeracional

1.1. Diferenciação do self

1.2. Conceito de triângulo

1.3. Processo emocional da família nuclear

1.4. Processo de projeção familiar

1.5. Transmissão multigeracional

1.6. Corte emocional

1.7. Posição na fratria

2. Mitos familiares

3. Genograma da família

4. Visualização e comentário de uma terapia familiar (Vídeo)

 

6º Módulo (8 horas)

Modelo Experiencial. Equipa Reflexiva.

1. Abordagens Experienciais

1.1.Terapia simbólico-experiencial de Carl Whitaker :

- Conceitos fundamentais;

- Processo terapêutico: objectivos e etapas;

- Papel do terapeuta e obstáculos à terapia.

1.2. Modelo Evolutivo de Virgínia Satir

2. Post Modernidade e Psicoterapia

2.1. Equipa Reflexiva: Um modelo práxico

2.2.  A importância do sistema terapêutico e  suas  implicações no processo terapêutico

 

7º Módulo (8 horas)

Terapia Narrativa

 

8º Módulo (8 horas)

Terapia de Casal. Questões de género.

1. A postura do terapeuta

2. O carácter único do Casal; os dois níveis da relação: Ritual/Mítico

3. Ciclo de Vulnerabilidade Relacional

4. Técnicas: Escultura; Contra-Rituais; questionamento narrativo

5. Género, terapia familiar e de casal

 

9º Módulo (8 horas)

Abordagem Sistémica das Dependências.

1.Breve caracterização das dependências. Substâncias, “Sujeitos” e Situações.

2.Uma visão sistémica das dependências. As inter-relações.

3.Elementos para uma intervenção sistémica nas dependências. Conceitos, técnicas e Estratégias.

4. O Sistema Terapêutico e as Mudanças.

5. Estudo de casos

 

10º Módulo (8 horas)

Famílias Multidesafiadas.

Famílias Multidesafiadas: caracterização.

1. Abordagem colaborativa na intervenção com famílias multidesafiadas

2. As estratégias com sucesso na intervenção com famílias multidesafiadas: a centralidade da relação de confiança; a figura do gestor de caso; o factor tempo na intervenção e a flexibilidade na abordagem às famílias.  

3. Desafios que se colocam ao interventor

 

11º Módulo(8 horas)

Intervenção em Redes Sociais.

1. Intervenção Sistémica em Rede

1.1.Pessoal e Familiar

- Conceitos, características, funções e complexidades

- Ciclo de vida e redes sociais

- Mapa de rede

1.2. Social e Comunitária

- Parcerias. Grupos de ajuda mútua. Outros exemplos.

 - Metodologia de Intervenção (estudo de caso; reuniões de rede; mapa de rede ecológico; projetos comunitários sistémicos )

  

WORKSHOP I (12 horas)

Técnicas Activas: intervenção com grupos. 

Fernando Rato

1. Elaboração do programa do workshop conjuntamente com o grupo com base em:

- os grupos enquanto Conhecimento

- os grupos enquanto Experiencia

- grupos enquanto Esperança

2. Aplicaçao do programa em modo interactivo - dinamica do grupo

3. Avalição e síntese

 

WORKSHOP II (12 horas)

Lisboa

Terapia Sistémica de Casal na depressão

Adrián Montesano

1. As bases relacionais das diferentes perturbações depressivas,

2. Uma revisão dos principais resultados da investigação aplicada

3. As técnicas de intervenção mais destacadas na abordagem sistémica da depressão.

 

WORKSHOP II (10 horas)

Porto

Alianças terapêuticas com famílias: como empoderar os clientes de casos difíceis?

Valentin Escudero

Trata-se de um workshop prático com exemplos em video e exercícios com base no livro de Escudero, Valentin, Friedlander, Myrna (2017); Therapeutic Alliances with FamiliesEmpowering Clients in Challenging Cases,NYSpringer:

“Therapeutic Alliances with Families offers powerful new tools for social workers, mental health professionals, and practitioners working in couple and family therapy cases with reluctant clients and seeking specific, practical case examples and resources for alliance-related interventions.” (Springer, 2017)

Corpo Docente

Adrian Montesano - Espanha

Doutor em Psicologia pela Universitat de Barcelona e MSc em Terapia Familiar Sistémica pela Universitat Autónoma de Barcelona; Professor do departamento de Personalidade, Avaliação e Tratamentos Psicologicos da escola de Psicología e Ciencias da Educação, Universitat Oberta de Catalunya; Diretor do programa de mestrado em Terapia Sexual e de Casal da Universitat de Barcelona; Docente em diversos programas de especialização em psicoterapia tanto em Espanha como internacionalmente; Membro do conselho da Associação Espanhola de Terapia Narrativa e da Associação Espanhola de Psicoterapias Cognitivas e coordenador editorial da Revista de Psicoterapia; Autor de mais de uma vintena de artigos especializados em psicoterapia, terapia familiar e terapia de casal.

Professor Doutor Valentín Escudero - Espanha

Es Psicólogo, profesor titular de la Universidad de A Coruña y codirector del Master en Intervención y Cuidado Familiar. Fundador y director de la UIICF (Unidad de Investigación en Intervención y Cuidado Familiar). Es también profesor clínico adjunto (cargo honorario) de la State University of New York at Albany, USA. Fue Profesor Visitante por tres años de la Vrije Universitate Brussels, en Bélgica e Investigador invitado del Centre for Family Policy and Child Welfare de la Universidad de Bristol; Es co-autor del SOFTA (System for Observing Family Therapy Alliances, publicado por APA Books) uno de los modelos preponderantes en la actualidad para el análisis de la alianza terapéutica con familias; Es Editor Asociado del Journal of Family Therapy y ha publicado sus trabajos de investigación en revistas como Family Process, Journal of Marital and Family Therapy, Psychotherapy, o Psychotherapy Research; Desde 2011 es el responsable del Programa de Tratamiento de Menores en Situación de
Riesgo y Desamparo (un programa público para el tratamiento psicoterapéutico de menores y
familias vulnerables, que integra 7 equipos de tratamiento y 22 profesionales); Ha realizado formación y supervisión para equipos y programas de servicios sociales y protección a la infancia en España, Portugal, Inglaterra, y Bélgica; En España son muy utilizadas sus Guías Prácticas de Intervención Familiar en los servicios sociales. Su última publicación es un libro titulado Therapeutic Alliances with Families: Empowering Clients in Challenging Cases [Alianzas Terapéuticas con Familias: Cómo empoderar a los clientes en casos de especial dificultad] NY: Springer, 2017.

Mestre António Roma Torres

Licenciado em Medicina pela Universidade do Porto em 1972, Mestre em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto em 1986, Especialista em Psiquiatria pela Ordem dos Médicos desde 1981; Director do Serviço de Psiquiatria desde 2007 e da Unidade Autónoma de Gestão de Saúde Mental desde 2009 do Centro Hospitalar de São João; Assistente Convidado da Faculdade de Medicina do Porto entre 1980 e 1993 e Docente do Instituto Superior de Serviço Social do Porto (ISSSP) desde 2003, da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa desde 2007 e do Mestrado de Saúde Pública do Serviço de Higiene e Epidemiologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto desde 2009; Membro formador e supervisor da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, Membro fundador da Associação Portuguesa de Terapia Comportamental, da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Psicossomática, do Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar e da Federation of European Psychodrama Training Organizations (FEPTO), e Membro Eleito do Board of Directors da International Association of Group Psychotherapy and Group Processes – IAGP (2000-2009); Director da Revista “Psicodrama” (1992-2002), Membro dos conselhos editoriais das revistas “Psicologia Clínica”, “Jornal Clínico Comportamento Alimentar e Nutrição”, da “Revista Psiquiatria e Saúde Mental”.

Mestre Cristina Pontes

Psicoterapeuta licenciada em Psicologia pela FPCEUP; Terapeuta Familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Pós-graduada em Modelos de Intervenção na Adolescência pelo ISSSP; a aguardar defesa da dissertação de Mestrado em psiquiatria e Saúde Mental com o título Psicopatologia, Alexitimia e Regulação Emocional na Obesidade e Excesso de Peso (marcada para Janeiro de 2012). Exerce funções no Hospital de São João, no Serviço de Psiquiatria na Unidade do Jovem e da Família especificamente na realização de psicoterapia, intervenção individual e em grupo em Perturbações de Comportamento Alimentar e Obesidade.

Mestre Fernando Rato

Licenciatura em Psicologia – ISPA; Mestrado em Psicologia Clinica e Psicopatologia – ISPA; Doutorando em Psicologia Clinica – ISPA; Psicodramatista - Sociedade Portuguesa de Psicodrama; Diretor clinico da Comunidade Terapeutica A Ponte; Docente e Formador em dversas instituições: Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (Calouste Gulbenkien), Instituto Miguel Torga, Instituto Superior de Psicologia Aplicada.

Mestre Helder Rebelo

Licenciatura em Psicologia, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Mestrado em Psicologia Clínica, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Psicólogo Clínico e Terapeuta Familiar.

Mestre Inês Maurício

Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, 1988; Mestrado em Psicologia Social – área de Cognição Social pelo ISCTE, 2002; Desde 1999 exerce funções de Psicóloga Clínica em contexto de Centro de Saúde; Exerceu funções de Psicóloga no Projecto Vida, de 1991 a 1998. Anteriormente exerceu funções em diversas IPSSs, na área da das Adições e da Reinserção Social; Entre 2001 e 2009, foi docente lecionou a disciplina de Psicossociologia das organizações na Escola Superior de Saúde de Alcoitão; Tem formação complementar nas áreas das Adições, Psicogerontologia, Planeamento de Projetos em Saúde, Violência de Género, entre outras.

Dra. Isabel Prado Castro

Chefe de Serviço de Psiquiatria da Carreira Médica Hospitalar; Terapeuta Familiar, Formadora Supervisora pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Directora de Psicodrama; Actividade como psiquiatra no Hospital Sobral Cid, no CEPD (Centro de Estudos de Profilaxia da Droga) de Coimbra, CAT de Aveiro, CAT de St Maria da Feira e ET de Gaia, até Outubro de 2008; Directora do CAT de Aveiro de 1995/00;Directora do Cat de Santa Maria da Feira de 2000/03; Supervisora da Comunidade Terapêutica Casa Grande de 1998/03; Formadora da Equipa “ O Trilho”da St ªCasa da Misericórdia de S. João da Madeira; Docente como Regente da disciplina de Psicopatologia do Curso de Psicologia Clínica do Instituto Superior de Ciências da Saúde da Zona Norte em 1995/06; Docente na Cadeira de Psiquiatria ( temática das toxicodependências) do 4º e 6º ano Médico da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho de 2005/09; Docente do Mestrado de Enfermagem em Saúde Mental /( temática das toxicodependências), na Universidade Católica do Porto, desde 2007;
Docente no Curso de pos- graduação em Medicina do Trabalho da Faculdade de Medicina do Porto ( temática das toxicodependências) desde 2001; Docente no IDT em cursos de Supervisão Clínica de 2008 a 2011; Supervisora Clínica da Equipa da Comunidade Terapêutica Ponte da Pedra desde 2003; Médica voluntária do IDT na Equipa “Giru Gaia, de Redução de Danos ,desde 2003; Actividade em clínica privada.

Dr. João Teixeira de Sousa

Psicólogo, especialista em Psicologia Clínica, com especialidade avançada em Psicoterapia, Sexologia e Psicologia da Justiça pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. O seu trabalho é fundamentalmente desenvolvido no âmbito da Psicologia Clinica. Trabalha desde 2006 no atendimento psicoterapêutico a adolescentes, jovens, adultos e casais, tanto em contexto de clinica privada como institucionalmente; Psicólogo na ARS-NORTE, no Departamento dos Comportamentos Aditivos e Dependências, onde intervém fundamentalmente no âmbito do atendimento a adolescentes e famílias, em contexto de consulta Clinica; Sócio didacta da Sociedade Portuguesa de Psicodrama. Desde 2006 que, em contexto de clinica privada, integra várias equipas terapêuticas em grupos psicoterapêuticos que se realizam com uma periodicidade semanal. Neste âmbito, integra igualmente equipas psicoterapêuticas no tratamento a casais e a problemáticas do foro sexual. Institucionalmente é Director de vários grupos de Psicodrama com adolescentes e dirige um grupo de Sociodrama para pais. Dirigiu também grupos de Psicodrama com toxicodependentes em tratamento e com mulheres vítimas de violência. Foi assistente, em regime de voluntariado, da disciplina de Técnicas Activas de Grupo no Instituto Superior de Serviço Social do Porto; Foi membro da Direcção da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, entre 2012-2014 e 2014-2016, e da Direcção da Delegação Norte da Associação para o Planeamento Familiar (A.P.F.), nos triénios 2006-2009; 2009-2012 e 2012-2015.

Mestre Madalena Nunes

Licenciatura em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).
Mestrado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL); Formadora certificada pelo Conselho Científico-Pedagógico (área e domínio A50); Directora de Sociodrama pela Sociedade Protuguesa de Psicodrama; Desempenha funções na Comunidade Terapêutica de Ponte da Pedra (IDT-I.P.); Nas áreas da Comunicação, Trabalho em Equipa, Relações Interpessoais e Resolução de Conflitos desenvolveu vários programas de formação no Centro Distrital de Segurança Social do Porto.
Tem apresentado comunicações em diversos Congressos e Conferências; Membro, entre outras, da Associação Portuguesa de Sociologia e da European Sociological Association.

Margarida Rangel Henriques

Professora Doutora Margarida Rangel Henriques

Professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Dedica-se à prática clínica com crianças e adolescentes, domínio em que vem desenvolvendo um trabalho crescente de formação, supervisão e investigação. A narrativa, enquanto sistema interpretativo co-construído pelo sujeito na significação das suas experiências, tem assumido um lugar de destaque nos seus estudos, em particular no que diz respeito às implicações de tal perspectiva a nível da psicopatologia e da intervenção psicoterapêutica. Recentemente tem vindo a desenvolver trabalho nos domínios da adopção e autobiografia das crianças institucionalizadas. É co-autora dos livro "Terapia narrativa da ansiedade" e do Bloco de actividades "Pôr o medo a fugir: as tuas aventuras contra o medo".

Professora Doutora Maria Araújo

Psicóloga; Terapeuta Familiar Sistémica; Formadora na Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Professora Auxiliar na licenciatura e mestrado em Psicologia da Universidade Portucalense (UPT), lecionando actualmente as seguintes disciplinas: Intervenção Psicológica I e II, Psicologia da Família, Psicologia da Cognição I e II; Supervisora de estágios no âmbito do mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde da Universidade Portucalense; Professora Assistente nas licenciaturas de Serviço Social e Gerontologia Social do Instituto Superior de Serviço Social do Porto (ISSSP), lecionando a disciplina de Intervenção Sistémica; Doutoramento na área das Perturbações do Comportamento Alimentar pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto.

Dra. Milice Ribeiro da Silva

Psicóloga, terapeuta familiar. Formadora e supervisora na Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Foi Professora Coordenadora na Escola Superior de Educação do Politécnico do Porto (1985-2010) e Professora Convidada na Faculté de Psychologie et Sciences de L’ Éducation da Universidade de Nanterre, Paris X e na Université René Descartes, Paris V (2000-2010); Coordenou e participou em vários projectos de investigação europeus e nacionais. Foi membro do grupo 15 do RIF, Réseau d’Institutions de Formation da Comunidade Europeia (Task Force); Integra a equipa de avaliação dos programas de Educação Parental no âmbito do Protocolo de Cooperação entre a Comissão Nacional de Protecção às Crianças e Jovens em Risco, o Instituto da Segurança Social, Universidades e Politécnico (2007-2009); Pertenceu aos corpos directivos da APF, Associação para o Planeamento Familiar, AIFREF, da Association Internationale de Formation et Recherche en Éducation Familiale, do IEDPE, Institut Européen pour le Développement des Potentialités de Tous les Enfants e da SPTF, Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Autora do programa Escola de Pais Parentalidades desenvolvido pelo Centro de Intervenção Pedagógica da Escola Superior de Educação; Autora de vários livros e artigos.

Professor Doutor Paulo Vitória

Licenciatura em Psicologia, Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade de Lisboa, 1988. Terapeuta Familiar; Mestrado em Comportamento Organizacional, ISPA, 1994; Doutoramento em Psicologia Social, ISCTE-IUL, 2010;
Desde 1997 Professor da Faculdade de Ciências da Saúde / Departamento de Ciências Médicas da Universidade da Beira Interior (UBI); Entre 1997 e 2007 foi Director de Projectos Europeus no Conselho de Prevenção do Tabagismo / Direcção-Geral da Saúde; Entre 1989 e 2007 foi Psicólogo da Fundação Portuguesa para o Estudo, Prevenção e Tratamento da Toxicodependência / Santa Casa da Misericórdia de Cascais.

Sofia Rodrigues

Dra. Sofia Rodrigues

Psicóloga, Doutoranda em Psicologia na Universidade de Aveiro; Pós-graduada em Análise e Intervenção Familiar; Especialização em Intervenção Sistémica e Familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Consultora, Supervisora e Formadora nas áreas de intervenção social com famílias muito vulneráveis, em particular na implementação de abordagens colaborativas e gestão de caso e metodologia Photovoice; Co-autora de artigos científicos, capítulos de livros nacionais e internacionais e revistas internacionais na área da psicologia, intervenção comunitária, pobreza e exclusão social e cidadania, a destacar:
- Famílias Pobres: Desafios à Intervenção Social. (2007). Lisboa: Climepsi Editores;
- Strengthening Vulnerable Families. (2008) New York: Nova Science Publishers.
- The collaborative professional: towards empowering vulnerable families (2012), In Journal of Social Work Practice: Psychotherapeutic Approaches in Health, Welfare and the Community.
- Linking formal and informal support in multiproblem low-income families: the role of the family manager (2009), Journal of Community Psychology;
- Are Practitioners incorporating a strengths-focused approach when working with multi-problem poor families? (2007), Journal of Community & Applied Social Psychology;
- Intervention with multi-problem poor clients: towards a strengths-focused perspective (2007), in Journal of Social Work Practice

Susana Cardoso

Mestre Susana Cardoso - SPTF/SPP/IDT

Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 1987; Mestrado em Psicologia, área do Comportamento Desviante, Toxicodependência, realizado na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 2004; Terapeuta Familiar, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, em 1996; Formadora da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar
Directora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, em 1995; integra, desde 2008, a actual Direcção da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, desde 2008.
Formação em Sexologia Clínica (Universidade de Salamanca), em 1992; Desde Agosto de 2010, exerce a função de Directora na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, Instituto da Droga e da Toxicodependência/I.P.; Psicóloga Clínica (Carreira de Técnico Superior da Saúde – Assessora) na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, entre 2006 e 2009; Psicóloga dos Centros de Atendimento a Toxicodependentes, no CAT de Cedofeita , de 1989 até 1995, no CAT de Gaia até 2006; Entre 2004 e 2011 foi docente no Instituto Superior de Serviço Social do Porto.

Calendarização e localização

Lisboa

 

Porto

 

16 de Fevereiro de 2019;

02, 16 e 30 de Março de 2019;

13 de Abril de 2019;

11 e 25 de Maio de 2019;

08 e 22 de Junho de 2019;

06 e 20 de Julho de 2019;

07 e 21 de Setembro de 2019;

12 e 26 de Outubro de 2019.

02, 16 e 30 de Março de 2019;

13 de Abril de 2019;

11 e 25 de Maio de 2019;

08 e 29 de Junho de 2019;

20 e 27 de Julho de 2019;

07 e 21 de Setembro de 2019;

12 e 26 de Outubro de 2019;

16 de Novembro de 2019.

 

Hotel Travel Park Lisboa

Avenida Almirante Reis 64

1150-020 Lisboa, Portugal

 

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências

Rua de Camões 219, 5º Piso

4000-145 Porto, Portugal

 

Número de Vagas: limitadas.

Duração: 116 Horas

Nota: datas sujeitas a eventuais alterações.

Horário: Sábados – 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Investimento

Inscrição:

150.00 €

Propina:

1,290.00 €

Seguro escolar:

20.00 €

Condições de pagamento

Pronto pagamento - 12% desconto

Normal
1,135.20 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (15% desconto)
1,096.50 €

12 mensalidades

Normal
107.50 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (10% desconto)
96.80 €

(1) Pronto pagamento beneficia de 12% de desconto nas propinas. Desconto aplicável na condição de ser efectivada a liquidação total do investimento nos 5 dias úteis pós validação da inscrição.

(2) Alunos e ex-alunos do INSPSIC beneficiam de 15% desconto na propina (opção pronto pagamento) ou 10% de desconto na opção pagamento fraccionado em mensalidades.

(3) Estudantes externos e temporariamente inativos beneficiam de 12% na opção pronto pagamento e também na opção pagamento fracionado em mensalidades.

(4) TRAGA UM AMIGO / 5% desconto por cada amigo até ao limite do pagamento integral da formação. Opção acumulável com outros descontos em vigor.

- INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% desconto nas propinas se realizadas até 45 dias antes da data inicial da formação.

Nenhum desconto, cartão ou campanha é acumulável entre si, excepto Com a opção "TRAGA UM AMIGO".

O Curso com “preço especial” é cumulativo apenas com a opção "TRAGA UM AMIGO".

Seguro Escolar: 20 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento.

Seguro Escolar: 8 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento dos cursos com duração inferior a 24 horas.

Pagamento por transferência para o IBAN: PT50 0033 0000 4541 1532 8050 5

SWIFT/BIC: BCOMPTPL

Critérios de seleção

- Análise Curricular;

- Ordem de chegada das candidaturas (a candidatura só é válida após pagamento da inscrição);

- Entrevista (se necessário)

Observações

(1) A data limite poderá ser antecipada em caso de se verificar o preenchimento do limite de vagas existentes.

(2) Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, esta Formação poderá sofrer alteração de datas ou mesmo ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pelo Instituto Português de Psicologia;

(3) Em caso de desistência só haverá lugar à devolução da candidatura quando a mesma for comunicada até 10 dias úteis antes da data agendada para o arranque da formação.

(4) Em períodos de campanha, haverá lugar à devolução dos valores investidos unicamente em situação de adiamento superior a 30 dias ou cancelamento da Formação em que se tenha inscrito motivado pelo não atingimento do número mínimo de inscrições necessárias ao seu início;

(5) No caso de optar pelo pagamento fracionado das propinas, o mesmo deverá ser efetuado até ao dia 10 de cada mês, após início da formação;

(6) No caso de optar pelo pagamento na totalidade, o mesmo terá de ser efetuado nos 5 dias úteis após validação da inscrição;

(7) O local de formação poderá estar sujeito a alterações por indisponibilidade do mesmo, mantendo-se sempre na mesma cidade;

(8) Toda a informação contida em cada formação é válida, salvo anomalia técnica, informática ou erro gráfico.

Documentos obrigatórios

CV;

Certificado de habilitações;

NIF (Número de Identificação Fiscal);

Envio de comprovativo do pagamento da inscrição.

Inscrição

Subscreva a newsletter do INSPSIC: Construímos o Futuro Consigo.

Candidaturas e informações

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências | Escola de Formação Avançada

Departamento de Formação Pré e Pós-Universitária

Secretariado e Gabinete de Admissão de Alunos | Student Admissions Office

Rua de Camões Nº 219, 5º Piso

4000-145 Porto / Portugal

Tel./Fax. 220 934 050

Tlm. 91 019 60 02

E-mail:geral@inspsic.pt

URL:www.inspsic.pt

fechar

 

Nós ligamos

fechar