TERAPIA FAMILIAR E INTERVENÇÃO SISTÉMICA
Partilhar
JÁ CONFIRMADO!

ESPECIALIZAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA EM TERAPIA FAMILIAR E INTERVENÇÃO SISTÉMICA

– Advanced Professional Program –

Especialização para Médicos

Patrocínio Científico

undefined

Parceria

undefined

Formação Certíficada

undefined

undefined

Instituto Reconhecido

undefined

Livestream / Online -29 Jun. 2024- 2ª Fase

DATA LIMITE DE INSCRIÇÃO: Livestream / Online: 27-06-2024 

O que é o LIVESTREAM / ONLINE?

Trata-se de uma tecnologia que permite aos formandos do Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências assistir EM DIRETO à formação a partir de qualquer ponto do país / do mundo.

Os alunos durante todo o curso da aula contam com o suporte personalizado do nosso apoio técnico.

Têm ainda a possibilidade de assistir até 25% das aulas, em regime presencial, sem custos adicionais.

ENSINO SUPERIOR

Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção do grau académico de mestrado ou de doutoramento, os estabelecimentos de ensino superior poderão após apreciação, creditar em ECTS (European Credits Transfer System) os cursos concluídos com aproveitamento, ministrados pelo INSPSIC (artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho).

TESTEMUNHOS

“Como médica de família considero esta formação de intervenção sistêmica na terapia familiar muito útil e penso que todos os meus colegas deviam fazer.”

 

“Esta Especialização veio alargar a reduzida oferta formativa no campo da Terapia Familiar e Intervenção Sistémica, permitindo o acesso a mais profissionais, numa boa relação qualidade preço.  Os conteúdos programáticos foram muito pertinentes e os dinamizadores das aulas revelaram ser profissionais muito experientes tendo demonstrado uma excelente aliança entre a componente teórica e prática. Aconselho vivamente a quem se interesse por esta área do conhecimento que se inscreva neste Curso de Especialização.”

Lígia Gonçalves

 

“Foi uma experiência gratificante para mim, pelos conhecimentos partilhados, pela coordenação científica, Mestre Susana Cardoso, sempre disponível, pelo o corpo docente, que foi cativador, assim como o ambiente de trabalho com outros formandos. O fato de ser online permitiu ter pessoas de diferentes partes do mundo o que deu a formação uma olhada de diferentes culturas, assim como as diferentes áreas profissionais, foi mesmo muito enriquecedor. Apesar que a parte do workshop do Dr. João Teixeira de Sousa, seria ideal fazer-se presencial, assim como a aulas práticas de treino de técnicas, presencial seria ótimo. Obrigada pela oportunidade. “

Célia Perez

 

“Fazer esse curso de Intervenção Familiar Sistêmica me deu a oportunidade, como psicanalista, de ampliar meu aporte teóricos e horizontes para novas práticas em consultório. Os professores muito preparados, mesmo nesse contexto pandêmico no qual tido teve que se adaptar ao formato on line. Agradeço a equipe sempre disponível e o ambiente descontraído das aulas!”

Maria Cristina Leal de Carvalho Viegas

 

“O curso de Especialização Avançada Pós-Universitária em Terapia Familiar e Intervenção Sistémica será uma mais-valia na prática da minha profissional. O curso e-lerning mostrou-se muito eficaz e eficiente e, que nos dias de hoje mostrou-se uma mais-valia.”

Susana Campos

 

"As limitações da pandemia que atravessamos não foram suficientes para a balar a qualidade e a excelência pedagógica da 3ª edição deste curso.  Tenho a dar-vos os parabéns"

Maria João Moreira da Conceição Ferro

 

“A frequência da Especialização Avançada Pós-Universitária em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental na Infância e Adolescência foi, sem sombra de dúvida, um percurso extremamente rico em conhecimento e crescimento pessoal e profissional. Ainda que à distância, as aulas foram marcadas por elevados níveis de partilha e debate e a conjugação de um corpo docente de extrema qualidade com uma turma dinâmica e diversificada em saberes, fez desta especialização uma aposta ganha no que à minha formação diz respeito. 

Ressalvo, ainda, a disponibilidade e atenção de toda a equipa do INSPSIC que nos acompanhou ao longo das aulas, estando sempre atenta às nossas necessidades e dúvidas. 

Recomendarei o INSPSIC a outros profissionais com a certeza de que, em breve, aqui estarei novamente para enriquecer o meu saber e trabalho.”

Marta Alves

VER MAIS

DESCRIÇÃO

Coordenação Científica

Susana Cardoso

Susana Cardoso, Mestre

Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 1987. Mestrado em Psicologia, área do Comportamento Desviante, Toxicodependência, realizado na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 2004. Terapeuta Familiar, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, em 1996; Formadora da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. Diretora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, em 1995; Formação em Sexologia Clínica (Universidade de Salamanca), em 1992. De Agosto de 2010 até Julho de 2018 exerce a função de Diretora na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, ARS Norte, IP. Atualmente é Psicóloga Clínica (Carreira de Técnico Superior da Saúde – Assessora) no CRI Oriental, Equipa de Tratamento do Porto Oriental (DICAD/ARS Norte, IP). Foi Psicóloga nos serviços de tratamento de toxicodependentes e outras dependências desde 1989: no CAT de Cedofeita (1989/1995), no CAT de Gaia (1991/2006), na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra (2006 e 2018). Entre 2004 e 2011 foi docente no Instituto Superior de Serviço Social do Porto.

 

Coordenação Pedagógica

José Pinto Gouveia, Dr.

Director e Coordenador Pedagógico do Instituto Português de Psicologia. Psicólogo.

 

Mensagem da Coordenação Científica

 

A coordenação deste curso de Especialização Avançada Pós-universitária visa desafiar os formandos para uma leitura e observação das interacções humanas com base no pensamento sistémico, que pressupõe simultaneamente um olhar global sobre as famílias e grupos, mas também uma compreensão individualizada de cada pessoa, essenciais no processo de conhecimento duma realidade complexa, as relações humanas.

O objetivo maior do curso é habilitar os formandos para intervenções mais efetivas, porque mais compreensivas da interdependência entre as pessoas e os seus contextos e da colaboração necessária entre partes para o equilíbrio global e a saúde mental dos sistemas humanos.

 

Objetivos gerais

Esta Especialização visa, essencialmente, que o formando desenvolva a capacidade de aplicar conceitos e princípios sistémicos à leitura e observação das interações humanas, em particular das famílias:

  • Sensibilização ao pensamento sistémico na análise de problemas (clínicos, sociais, institucionais);
  • Adquirir as competências básicas no âmbito da intervenção sistémica com famílias (e grupos).

 

Metodologia de avaliação

Teste de escolha múltipla e/ou de desenvolvimento sucinto.

Para a conclusão do curso com aproveitamento, os formandos deverão ter uma assiduidade mínima de 75% e uma classificação mínima de 10 valores, numa escala de 0 a 20 valores.

 

Conteúdos, metodologias de formação e formas de organização

Metodologias expositivas, ativas e participativas. A abordagem ao conteúdo dos módulos será alvo de adaptação em função da habilitação prévia do formando.

PLANO CURRICULAR

Módulo 1 – Enquadramento Sistémico

  • Teoria dos Sistemas Gerais
  • Cibernética de 1ª ordem e de 2ª ordem; as perspetivas do Construtivismo e do Construcionismo Social no conhecimento da interação humana

 

Módulo 2 – Perspetiva da Comunicação

  • Dimensões da Comunicação
  • Pragmática da Comunicação Humana - os 5 axiomas e a Comunicação Patológica
  • Exercícios

 

Módulo 3 – Entrevista Sistémica

  • Condução de Entrevista
  • Treino de Condução de Entrevista (trabalho prático)

 

Módulo 4 – Modelos Estrutural; Modelo Estratégico

  • Modelo Estrutural
  • Modelo Estratégico

 

Módulo 5 – Modelo Transgeracional

  • Modelo Transgeracional
  • Mitos familiares
  • Genograma da família
  • Visualização e comentário de uma intervenção familiar (Vídeo)

 

Módulo 6 - Abordagens Experienciais; Equipa Reflexiva

  • Abordagens Experienciais
  • Post Modernidade e Intervenção

 

Módulo 7 -Modelo de Intervenção Narrativo

  • Not Knowing approach; Conversação Dialógica
  • Narrativa Dominante e Narrativa Problema
  • Acontecimentos Extraordinários e Narrativa Alternativa
  • Entrevista narrativa: Externalização; Questões de Influência Relativa

 

Módulo 8 – Intervenção com Casais do Mesmo Sexo e Famílias Não Cisgénero

  • Fundamentos Teóricos

- Conceitos básicos de identidade de género e orientação sexual

- Desconstrução de estereótipos de género e família

- Desafios específicos enfrentados por casais do mesmo sexo e famílias não cisgénero

- Modelos de intervenção familiar inclusivos

  • Técnicas de Intervenção

- Desenvolvimento de recursos e resiliência familiar

- Promoção da aceitação familiar

- Estratégias para lidar com o preconceito e discriminação

- Abordagem de questões específicas, como parentalidade e apoio social

  • Estudos de Caso e Discussão

- Análise de casos práticos

- Discussão de desafios comuns e estratégias de intervenção eficazes

- Reflexão sobre a prática profissional inclusiva

 

 

Módulo 9 - Famílias Multidesafiadas: abordagem colaborativa

  • Caracterização
  • Enquadramento breve sobre os conceitos para nomear famílias que vivem com múltiplos problemas
  • Abordagem colaborativa na intervenção com famílias multidesafiadas
  • As estratégias com sucesso na intervenção com famílias multidesafiadas: a centralidade da relação de confiança; a figura do gestor de caso; o fator tempo na intervenção e a flexibilidade na abordagem às famílias
  • Desafios que se colocam à intervenção. Discussão em torno das implicações práticas do momento de transição entre paradigmas

 

Módulo 10 - Abordagem Colaborativa, e Open Dialogue na doença mental grave - impacto na saúde mental, organizações, família e comunidade

  • Esclarecer o que são práticas colaborativas e dialógicas e sua contextualização
  • Conhecer a história e a abordagem do Diálogo Aberto
  • Conhecer os benefícios do Diálogo Aberto para a Saúde Mental
  • Conhecer e refletir sobre os 7 princípios fundamentais do Diálogo Aberto
  • Refletir sobre os desafios da implementação desta abordagem

 

Módulo 11 – Desenvolvimento Intervenção Sistémica em Rede Pessoal e Familiar

  • Conceitos, características, funções e complexidades
  • Ciclo de vida e redes sociais
  • Mapa de rede
  • Metodologias de Intervenção Social e comunitária
  • Metodologia Gestão de caso para pessoas/famílias com necessidades complexas: o desafio da coordenação das redes, parcerias, reuniões gerais de caso
  • Abordagem "sinais de segurança": uma prática colaborativa e de intervenção em rede em situações de risco/perigo

 

Workshop I - Técnicas Ativas - intervenção com grupos

  • Elaboração do programa do workshop conjuntamente com o grupo
  • Aplicação do programa em modo interativo - dinâmica do grupo
  • Avaliação e síntese

 Workshop II - Terapia Sistémica com Casal na depressão

  • As bases relacionais das diferentes perturbações depressivas
  • Uma revisão dos principais resultados da investigação aplicada
  • As técnicas de intervenção mais destacadas na abordagem sistémica da depressão

CORPO DOCENTE

Adrian Montesano

Adrian Montesano, Professor Doutor

Doutor em Psicologia pela Universitat de Barcelona e MSc em Terapia Familiar Sistémica pela Universitat Autónoma de Barcelona; Professor do departamento de Personalidade, Avaliação e Tratamentos Psicológicos da escola de Psicología e Ciencias da Educação, Universitat Oberta de Catalunya; Diretor do programa de mestrado em Terapia Sexual e de Casal da Universitat de Barcelona; Docente em diversos programas de especialização em psicoterapia tanto em Espanha como internacionalmente; Membro do conselho da Associação Espanhola de Terapia Narrativa e da Associação Espanhola de Psicoterapias Cognitivas e coordenador editorial da Revista de Psicoterapia; Autor de mais de uma vintena de artigos especializados em psicoterapia, terapia familiar e terapia de casal.

António Roma Torres, Mestre

Licenciado em Medicina pela Universidade do Porto em 1972, Mestre em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto em 1986, Especialista em Psiquiatria pela Ordem dos Médicos desde 1981; Diretor do Serviço de Psiquiatria desde 2007 e da Unidade Autónoma de Gestão de Saúde Mental desde 2009 do Centro Hospitalar de São João; Assistente Convidado da Faculdade de Medicina do Porto entre 1980 e 1993 e Docente do Instituto Superior de Serviço Social do Porto (ISSSP) desde 2003, da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa desde 2007 e do Mestrado de Saúde Pública do Serviço de Higiene e Epidemiologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto desde 2009; Membro formador e supervisor da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, Membro fundador da Associação Portuguesa de Terapia Comportamental, da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Psicossomática, do Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar e da Federation of European Psychodrama Training Organizations (FEPTO), e Membro Eleito do Board of Directors da International Association of Group Psychotherapy and Group Processes – IAGP (2000-2009); Director da Revista “Psicodrama” (1992-2002), Membro dos conselhos editoriais das revistas “Psicologia Clínica”, “Jornal Clínico Comportamento Alimentar e Nutrição”, da “Revista Psiquiatria e Saúde Mental”.

Cristina Pontes

Cristina Pontes, Mestre

Psicoterapeuta licenciada em Psicologia pela FPCEUP; Terapeuta Familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar; Pós-graduada em Modelos de Intervenção na Adolescência pelo ISSSP; mestrado em Psiquiatria e Saúde Mental na FMUP com o título Psicopatologia, Alexitimia e Regulação Emocional na Obesidade e Excesso de Peso; Terapeuta Sexual pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica. Exerce funções no Hospital de São João, no Serviço de Psiquiatria na Unidade do Jovem e da Família especificamente na realização de psicoterapia, intervenção individual e em grupo em Perturbações de Comportamento Alimentar e Obesidade.

Eduarda Ferreira

Eduarda Ferreira, Professora Doutora

Eduarda Ferreira é investigadora do CICS.NOVA - Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, na FCSH / NOVA, Portugal. Com formação em Psicologia Educacional, mestrado em Sistemas de Gestão de e-Learning e PhD em Geografia Humana, os seus interesses de investigação, são: género e sexualidades, web geoespacial, inclusão digital e igualdade de género. É membro fundador da Rede de Estudos de Geografia, Género e Sexualidade Ibero Latino-Americana (REGGSILA), membro do Space, Sexualities and Queer Research Group of the Institute of British Geographers of the Royal Geographical Society, e editora da secção LES Online da Revista Latino-Americana de Geografia e Género (RLAGG). Participou em diversas Comissões Organizadoras de Conferências, nomeadamente, é membro do comité de direção da European Geographies of Sexualities Conference (Bruxelas 2011, Lisboa 2013, Roma 2015, Barcelona 2015 e Praga 2019). Publicou e apresentou comunicações sobre género, sexualidades e tecnologias digitais. Página pessoal www.eferreira.net.

Hélder Rebelo

Hélder Rebelo, Mestre

Licenciatura em Psicologia, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Mestrado em Psicologia Clínica, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Psicólogo Clínico e Terapeuta Familiar.

Madalena Nunes

Madalena Nunes, Mestre

Licenciatura em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 1996; Mestrado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2008; Formadora certificada pelo Conselho Científico-Pedagógico (área e domínio A50); Diretora de Sociodrama pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama; Foi técnica na área da  prevenção das toxicodependências (IDT-I.P.) entre 1996 e 2005; Desempenhou funções na Comunidade Terapêutica de Ponte da Pedra (IDT-I.P.; ARS Norte) entre 2005 e 2018; Desde Dezembro de 2018, exerce funções nos serviços centrais da Divisão de Intervenção em Comportamentos Aditivos e Toxicodependências (ARS Norte). Lecionou na Escola Superior de Educação de 2000 a 2002. É docente da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto desde 2016. Nas áreas da Comunicação, Trabalho em Equipa, Relações Interpessoais e Resolução de Conflitos desenvolveu vários programas de formação em diferentes instituições públicas (CDSSP, FLUP, FBAUP); tem apresentado comunicações em diversos Congressos e Conferências; Membro, entre outras, da Associação Portuguesa de Sociologia e da European Sociological Association.

 

Margarida Rangel Henriques

Margarida Rangel Henriques, Professora Doutora

Professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Dedica-se à prática clínica com crianças e adolescentes, domínio em que vem desenvolvendo um trabalho crescente de formação, supervisão e investigação. A narrativa, enquanto sistema interpretativo co-construído pelo sujeito na significação das suas experiências, tem assumido um lugar de destaque nos seus estudos, em particular no que diz respeito às implicações de tal perspetiva a nível da psicopatologia e da intervenção psicoterapêutica. Recentemente tem vindo a desenvolver trabalho nos domínios da adoção e autobiografia das crianças institucionalizadas. É coautora dos livros "Terapia narrativa da ansiedade" e do Bloco de atividades "Pôr o medo a fugir: as tuas aventuras contra o medo".

Raquel Pedrosa

Raquel Pedrosa, Dra.

Licenciatura em Medicina, 2006, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Em 2008 realizou a Pós-Graduação em Competências de Comunicação Clínica, pela FMUP. Tendo sido convidada a integrar a equipa docente da Unidade de Psicologia Médica do Departamento de Neurociências Clínicas e Saúde Mental da FMUP, colaborando no ensino pré e pós-graduado entre 2009 e 2023.

Realizou o internato de formação específica em Psiquiatria no Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), e em 2013 obteve grau de especialista em Psiquiatria.

Manteve atividade clínica no CHUSJ até 2023, integrada na Unidade de Psiquiatria Comunitária, vocacionada para o tratamento de doenças mentais graves. Tendo desenvolvido e implementado o Programa de Intervenção em Perturbações Borderline da personalidade no CHUSJ. Nesse contexto realizou as seguintes formações: Mentalization-Based Treatment: Basic Training, Anna Freud Centre; Workshop em Terapia Metacognitiva Interpessoal nas Perturbações da Personalidade; Basics and Principles of DBT-PTSD – an evidence based treatment for complex PTSD after childhood sexual abuse workshop. British Isles DBT Training.

Formação como Diretora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, com experiência na direção de grupos desde 2010.

Em 2021 formação em Open Dialogue, pela Fundação Romão de Sousa, Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar e Network for Dialogical Practice, tendo sido convidada a integrar a equipa da Casa de Alba, colaborando em sessões de Open Dialogue desde Julho de 2021.

Obteve grau de Consultor em Psiquiatria em 2023 e desde Novembro de 2023 desenvolve atividade clínica no Hospital das Forças Armadas - Polo Porto.

Sara Sousa

Sara Sousa, Professora Doutora

Licenciada em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto (ESS-P.PORTO) em 2001; Mestre em Psiquiatria e Saúde Mental pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto em 2006; Doutorada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP) em 2012;

Professora Adjunta na ESS-P.PORTO, na Área Técnico Científica de Terapia Ocupacional, desde Dezembro de 2023, na qual já tinha colaborado desde 2005 enquanto professora assistente e professora adjunta convidada;

Investigadora integrada no CIR- Laboratório de Reabilitação Psicossocial da ESS-P.PORTO desde 2009, sendo o estigma e a literacia da doença mental, bem como a redefinição de estilos de vida, os temas onde tem desenvolvido maior investigação.

Membro da Coordenação Regional de Saúde Mental do Norte, desde 2022, na qual representa os terapeutas ocupacionais que desempenham funções na área da Saúde Mental na região norte.

Diretora de Sociodrama pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama desde 2007, onde é sociodidata desde 2012. Atualmente é membro da comissão executiva do Grupo de Investigação em Psicodrama, formadora na componente teórica do Curso de Diretor de Sociodrama e membro do corpo editorial da Revista Portuguesa de Psicodrama.

Ao nível da prática clínica no Sistema Nacional de Saúde, desempenhou funções de Terapeuta Ocupacional no Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), de 2000 a 2023, onde assumiu a coordenação dos terapeutas ocupacionais do Serviço de Psiquiatria e a subcoordenação da totalidade dos mesmos no Centro Hospitalar. Desenvolveu também clínica privada em consultório e domicílio.

Sofia Rodrigues

Sofia Rodrigues, Professora Doutora

Psicóloga, Doutorada em Psicologia na Universidade de Aveiro; Certificação Internacional em Práticas Colaborativas e Dialógicas.  É membro da comissão executiva da plataforma internacional do INDTC.RP (International Network of Democratic Therapeutic Communities and Relational Practices). Leciona no Mestrado em Educação Social na Universidade do Algarve e desenvolve ainda diversas atividades de supervisão, consultoria e formação para profissionais em território nacional e internacional nas áreas de intervenção social e comunitária com pessoas e famílias em situação de elevada vulnerabilidade social, económica e de saúde, práticas colaborativas e dialógicas, gestão de caso e metodologia Photovoice. Tem participado em diversas iniciativas no combate à pobreza e exclusão social. É autora e coautora de diversos artigos científicos, capítulos de livros nacionais e internacionais, manuais escolares (Ensino Nacional em Timor-Leste) e revistas nacionais e internacionais na área da psicologia, intervenção social e comunitária, práticas colaborativas, pobreza e exclusão social e cidadania.

 

Susana Cardoso

Susana Cardoso, Mestre

Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 1987. Mestrado em Psicologia, área do Comportamento Desviante, Toxicodependência, realizado na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 2004. Terapeuta Familiar, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, em 1996; Formadora da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. Diretora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, em 1995; Formação em Sexologia Clínica (Universidade de Salamanca), em 1992. De Agosto de 2010 até Julho de 2018 exerce a função de Diretora na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra, ARS Norte, IP. Atualmente é Psicóloga Clínica (Carreira de Técnico Superior da Saúde – Assessora) no CRI Oriental, Equipa de Tratamento do Porto Oriental (DICAD/ARS Norte, IP). Foi Psicóloga nos serviços de tratamento de toxicodependentes e outras dependências desde 1989: no CAT de Cedofeita (1989/1995), no CAT de Gaia (1991/2006), na Comunidade Terapêutica do Norte - Ponte da Pedra (2006 e 2018). Entre 2004 e 2011 foi docente no Instituto Superior de Serviço Social do Porto.

CALENDARIZAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

Livestream / Online

18 de maio de 2024;

15 e 29 de junho de 2024;

06 e 20 de julho de 2024;

14 e 21 de setembro de 2024;

12 e 19 de outubro de 2024;

16 e 23 de novembro de 2024;

14 de dezembro de 2024;

17* e 18 de janeiro de 2025;

01 e 08 de fevereiro de 2025.

Plataforma Online

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências

Número de Vagas: limitadas.

Duração: 155 horas (112 horas síncronas + 43 assíncronas)

 Nota: datas e horários sujeitos a eventuais alterações.

Horário: Sábados; 09h00 às 13h00 / 14h00 às 18h00

*Pós-Laboral (18h00 às 22h00).

INVESTIMENTO

Inscrição:

150.00 €

Propina:

1,530.00 €

Condições de pagamento da propina

Pronto pagamento-12% desconto

Normal
1,346.40 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (15% desconto)
1,300.50 €

12 mensalidades

Normal
127.50 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (10% desconto)
114.80 €

Pagamento por transferência para o IBAN: PT50 0033 0000 4541 1532 8050 5

SWIFT/BIC: BCOMPTPL

(1) Pronto pagamento beneficia de 12% de desconto nas propinas das EAP. Desconto aplicável na condição de ser efetivada a liquidação total do investimento nos 5 dias úteis pós validação da inscrição.

(2) Alunos e ex-alunos do INSPSIC beneficiam de 15% desconto na propina (opção pronto pagamento) ou 10% de desconto na opção pagamento fraccionado em mensalidades.

(3) Estudantes externos e temporariamente inativos beneficiam de 12% na opção pronto pagamento e também na opção pagamento fracionado em mensalidades.

(4) TRAGA UM AMIGO / 5% desconto por cada amigo até ao limite do pagamento integral da formação. Opção acumulável com outros descontos em vigor. Os amigos não poderão ser mencionados repetidamente e terão de ser indicados antes do início da formação.

(5) INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% desconto nas propinas se realizadas até 45 dias antes da data inicial da formação.

(6) Nenhum desconto ou campanha é acumulável entre si, exceto com a opção "TRAGA UM AMIGO".

(7) O Curso com “preço especial” é cumulativo apenas com a opção "TRAGA UM AMIGO".

Critérios de seleção

- Análise Curricular;

- Ordem de chegada das candidaturas (a candidatura só é válida após pagamento da inscrição);

- Entrevista (se necessário)

Observações

(1) A data limite poderá ser antecipada em caso de se verificar o preenchimento do limite de vagas existentes.

(2) Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, esta Formação poderá sofrer alteração de datas ou mesmo ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pelo Instituto Português de Psicologia;

(3) Em caso de desistência só haverá lugar à devolução da candidatura quando a mesma for comunicada até 10 dias úteis antes da data agendada para o arranque da formação.

(4) Em períodos de campanha, haverá lugar à devolução dos valores investidos unicamente em situação de adiamento superior a 30 dias ou cancelamento da Formação em que se tenha inscrito motivado pelo não atingimento do número mínimo de inscrições necessárias ao seu início;

(5) No caso de optar pelo pagamento fracionado das propinas, o mesmo deverá ser efetuado até ao dia 10 de cada mês, após início da formação;

(6) No caso de optar pelo pagamento na totalidade, o mesmo terá de ser efetuado nos 5 dias úteis após validação da inscrição;

(7) O local de formação poderá estar sujeito a alterações por indisponibilidade do mesmo, mantendo-se sempre na mesma cidade;

(8) Toda a informação contida em cada formação é válida, salvo anomalia técnica, informática ou erro gráfico.

Documentos obrigatórios

CV

Certificado de habilitações

Cartão de Cidadão (nos termos da Lei 32/2017)

Envio de comprovativo do pagamento da inscrição.

Inscrição

Subscreva a newsletter do INSPSIC: Construímos o Futuro Consigo.

Candidaturas e informações

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências | Escola de Formação Avançada

INSPSIC - Instituto Português de Psicologia, Lda

Departamento de Formação Pré e Pós-Universitária

Secretariado e Gabinete de Admissão de Alunos | Student Admissions Office

Rua de Camões Nº 219, 5º Piso

4000-145 Porto / Portugal

Tel./Fax. 220 934 050

Tlm. 91 019 60 02

E-mail:geral@inspsic.pt

URL:www.inspsic.pt

fechar

 

Nós ligamos

fechar